domingo, 28 de agosto de 2011

Dieta do tipo sanguíneo



Cada grupo sanguíneo tem uma dieta específica.

O que propõe

Nesta dieta, idealizada pelo americano Peter D’Adamo, há alimentos que estimulam o aumento e a perda de peso dependendo do tipo de sangue da pessoa. A nutricionista Paula Della Rosa, de São Paulo, explica a teoria do norte-americano. “Para Peter, o tipo de sangue determina como o indivíduo absorve os nutrientes consumidos.

A perda ou ganho de peso estaria relacionada diretamente com a ingestão de alimentos benéficos ou nocivos ao organismo, segundo seu tipo sanguíneo”. Esses alimentos ‘bons’ e ‘maus’ para cada grupo (A, B, O e AB), estariam divididos entre aqueles que devem e que não devem ser consumidos.

Por exemplo, a uma pessoa do tipo AB indica-se alimentos como carne de carneiro, atum, ricota, farinha de centeio e uva. Já a carne bovina, a banana e o leite integral são nocivos às pessoas com este tipo de sangue.

Para o tipo O, o ideal é consumir carne bovina, salmão, ameixa e figo. Não são bem-vindos aveia, derivados do leite e carne de porco.

As recomendações para o tipo B são carne de coelho e de peru, além de bacalhau, linguado, leite desnatado, arroz, aveia, batata e bastante azeite de oliva. Este tipo deve evitar frango, camarão, queijo fundido, caqui, tomate e milho, por exemplo.

Por fim, o tipo A pode comer carne de avestruz, truta, salmão, queijo de soja, cebola, cenoura, amora, damasco, abacaxi. Deve evitar carne de boi, camarão, creme de leite, banana, repolho e pão integral.

Sem comprovações científicas, esse programa não faz restrições quantitativas, mas sim qualitativas. No entanto, o ideal é que seja seguido um cardápio com café da manhã, almoço, jantar e lanches entre as refeições principais. Assim, é possível perder de quatro a cinco quilos em um mês. Profissionais da área acreditam que a dieta deve ser seguida como estilo de vida, durante a vida toda.

Como é feita

Cada grupo sanguíneo deve incluir alguns alimentos e eliminar outros de sua dieta.

Tipo O
Para perder peso, o tipo O deve priorizar o consumo de algas, brócolis, peixes e frutos do mar, carne bovina ou de cordeiro, couve-manteiga, espinafre. Os alimentos que incentivam o aumento de peso são couve-flor, feijão, lentilha e derivados do trigo.

No café da manhã um copo de leite de soja, três torradas sem glúten com manteiga ou geléia e um figo. Nos lanches (feito entre as refeições principais), uma ameixa preta ou vermelha. No almoço e jantar: salada de acelga, brócolis, cebola, escarola ou espinafre, um filé de carne vermelha (mignon ou contrafilé) grelhado, duas batatas cozidas e uma fruta.

Tipo A
No caso do tipo A, indica-se abacaxi, verduras em geral, óleos vegetais e grãos a base de soja. Os alimentos que facilitam o ganho de peso são carne, feijão e derivados leite. O café da manhã deve ter um copo de leite, um pão de centeio com uma fatia de queijo. Nos lanches um copo (200 ml) de suco de limão ou amora, ou uma fruta como abacaxi, figo ou damasco. No almoço e jantar, três colheres de arroz integral, um filé de frango ou salmão, uma porção de cenoura (ou de espinafre) e uma fruta de sobremesa.

Tipo B
O tipo B se dá muito bem com os laticínios e deve priorizar os derivados de leite com baixo teor de gordura, como iogurte e leite desnatado, ricota e queijo light, chás, verduras e carne de coelho ou carneiro. Aumenta o peso alimentos como milho, trigo, lentilha, amendoim e gergelim. No café da manhã é sugerido um pão de aveia com uma fatia de ricota, um copo de leite e uma banana ou metade de um mamão. Nos lanches, um copo (200 ml) de suco de uva ou de abacaxi ou um pote de iogurte. Almoço e jantar incluem salada de beterraba, brócolis ou couve, três colheres de arroz integral, um filé de carneiro ou cordeiro (grelhado) e uma fruta.

Tipo AB
Pessoas com sangue AB devem evitar derivados do trigo como pães, biscoitos, bolos e macarrão; feijão, milho, nozes e carne vermelha. Para perder peso devem consumir abacaxi, peixe, derivados do leite e queijo de soja. No café da manhã, uma fatia de pão de centeio com uma fatia de queijo cottage, um iogurte ou um suco de abacaxi ou uva. Nos lanches pode-se consumir uma fruta (fatia de abacaxi, ameixa, figo ou kiwi) ou um pote de iogurte. No almoço e jantar, salada de berinjela, beterraba, pepino ou couve, uma porção de omelete ou uma de carne branca, uma ou duas mandiocas cozidas e duas colheres de arroz. Fica proibido mais de uma fonte de proteína no almoço e jantar.

Promessa

A quantidade de peso perdida não é exata, chega a se perder até quatro quilos em um mês, mas depende, entre outros fatores, da quantidade de exercícios físicos praticados. “Não é possível quantificar exatamente a perda de peso de uma pessoa, há fatores como o metabolismo individual que também influenciam na redução do peso”, explica a nutricionista Paula Della Rosa. Então, além dos alimentos específicos a cada grupo sanguíneo, é importante a prática de exercícios físicos, no mínimo duas vezes por semana. Os mais indicados são: alongamento (AB), corrida ou natação (B), ioga ou artes marciais (A) e dança ou esteira (O).

Contraindicação

Fazer essa dieta em grupo ou em família é um inconveniente, já que geralmente cada pessoa tem um tipo de sangue. A dieta do tipo sanguíneo não tem comprovação científica e médicos e especialistas concordam que o tipo de sangue não tem influência alguma na química do organismo ou da digestão.

A nutricionista alerta para restrições como carne bovina, cereais e derivados do leite, que podem causar deficiências ao organismo. “A restrição indeterminada de alguns alimentos pode levar à falta de nutrientes, que podem comprometer o metabolismo e o funcionamento orgânico.

Para se fazer uma dieta com restrições, o ideal é procurar um especialista que poderá compor um plano alimentar, além de prescrever suplementos”, esclarece Della Rosa.

Fonte: UOL

SONHO


Sonho

Para a massa

500g de farinha de trigo
50g de fermento biológico fresco
1 copo de água
100g de açúcar
100g de manteiga ou margarina
1 colher (café) de sal
3 ovos
1 pitada de baunilha

Para o recheio

250g de açúcar
1/2 litro de leite
4 gemas
75g de farinha de trigo
1 colher (sobremesa) manteiga
1 pitada de baunilha




Modo de Preparo:

Para a massa
Em uma vasilha (ou batedeira) misture 50 g de farinha de trigo, fermento e um pouco de água. Deixe descansar por 10 minutos. Depois, adicione o restante dos ingredientes e faça uma massa bem macia. Coloque dentro de uma vasilha untada com óleo e cubra com filme plástico. Deixe crescer por 20 minutos. Após o crescimento faça os modelos desejados. Se for fritá-los, peneire farinha de trigo. Caso deseje assá-los, pincele com ovos mexidos. Espere novamente o crescimento dos modelos até dobrarem de volume. Leve ao forno pré-aquecido a 190ºC ou frite-os no óleo com fogo médio. Espere esfriar e recheie.

Para o recheio

Em uma panela coloque a metade do açúcar e o leite para ferver. Em uma vasilha coloque as gemas e a outra metade do açúcar e bata com um fouet até as gemas branquearem. Depois, adicione a farinha de trigo e reserve. Assim que o leite ferver adicione um pouco deste na mistura e, em seguida, leve para cozinhar mexendo sempre para que não empelote. Assim que o creme engrossar apague o fogo, adicione a manteiga e a baunilha e mexa até fica homogêneo. Coloque o creme em uma vasilha e cubra com filme plástico rente ao creme. Espere esfriar e recheie os sonhos.


**Receita da padaria Benjamin Abrahão, em São Paulo

Dicas para sonhos gostosos:

• Depois de terminar a mistura do fermento, da massa e do recheio deve-se cobrir os sonhos com um plástico fino ou peneirar farinha por cima. Ou ele pode ficar ressecado e com gosto de velho.
• Não misture toda a farinha de uma vez só. Vá acrescentando aos poucos, enquanto a batedeira se encarrega de misturá-la.
• É fundamental também que não se coloque toda a água logo no início. Se a massa atingir o ponto, nem vai ser preciso usá-la na receita.
• Se a receita pede tempo para a massa crescer, não adianta adiantar os ponteiros do relógio. Quem perder a paciência, poderá ter um sonho com gosto de fermento ou aparência de velho.
• Se você optou em fritar o sonho tome cuidado para que o óleo não fique nem muito frio, nem muito quente. A gordura não pode ficar borbulhante, tem que apenas estar fervendo. O ponto errado pode encharcar o doce ou deixar seu interior cru.
• Na hora de rechear, tome o cuidado de colocar o creme de confeiteiro (ou outro de sua preferência, como goiabada ou Nutella) apenas nas bordas do sonho. Assim, você não corre o risco de ele transbordar na primeira mordida.

Fonte: IG