sábado, 10 de setembro de 2011

Os pequenos vilões da dieta



Alimentos aparentemente inofensivos podem detonar com o regime.
Castanhas com chocolate: pequenas e muito calóricas
Quando o assunto é comida, tamanho não é documento. Pequenas guloseimas que parecem inofensivas podem ser verdadeiras bombas calóricas. “As pessoas tendem a pensar que os alimentos menores não engordam e, por isso, comem várias unidades sem perceber. Assim, até que o cérebro envie o sinal de que é hora de parar de comer, uma grande quantidade já foi ingerida”, explica a nutricionista, Mariana Braga Neves.

Beliscar salgadinhos, docinhos, bolachas, bombons e outros alimentos de tamanho reduzido, gera a fantasia de que se comeu pouco, trazendo a necessidade de uma refeição maior. Assim, é possível consumir em um dia o dobro do necessário para uma dieta saudável.

Pura ilusão

Antes de se render atenção. A nutricionista, Cristiane Mara Cedra, revela qual a média calórica das delícias:

Duas castanhas-do-pará = 70 Kcal
Fatia de bolo de laranja = 173 Kcal
Brigadeiro (unidade) = 96 Kcal
Pedaço de bolo de cenoura com cobertura de chocolate = 371 Kcal
Bomba de chocolate com cobertura de chocolate = 296 Kcal
Três fatias de rabanada = 445 Kcal
Sonho recheado com creme = 573 Kcal
Taça de Sundae = 616 Kcal
Fatia de 30 g de queijo Brie = 110 Kcal
Cajuzinho (unidade) = 102 Kcal
Biscoito recheado (unidade) = 75 Kcal

Como aproveitar?

Não é preciso eliminar de vez as miniaturas do cardápio. Com um pouco de controle, é possível consumi-las de maneira saudável. “É preciso que haja ponderação na quantidade. Substituições por versões menos calóricas também são desejáveis: os salgadinhos podem ser substituídos por canapés, os petiscos de frutas secas por porções de palmito, minimilho, cubos de ricota e kani. Os chocolatinhos podem ser trocados por frutas secas como banana, ameixas e damascos e os biscoitos recheados por cookies integrais”, ensina a nutricionista.

Fonte: IG

Nenhum comentário:

Postar um comentário