sábado, 17 de setembro de 2011

FINAL DE SEMANA OU À NOITE O QUE FAZER?


Prepare uma refeição saudável em cinco minutos
Confira nossas dicas e coma bem sem gastar muito tempo na cozinha.

Fazer o arroz, cozinhar feijão, temperar a mistura:
temperar o jantar requer tempo e dá muito trabalho, coisa que você não quer no final de semana. E como ficar de barriga vazia não é nada prazeroso, a única saída, muitas vezes, é optar pelas comidas congeladas ou pelas entregas rápidas de pizza e lanches, totalmente calóricos e nem um pouco saudáveis.

Mas existem diversas maneiras de agilizar o preparo do jantar, deixando tudo praticamente pronto, afirma a nutricionista Daniele Cirulyn, do Instituto Saúde Plena. Separamos as técnicas mais simples e úteis quando o assunto é garantir uma refeição rica, em poucos minutos. Tudo para acabar de vez com as desculpas para comer besteiras antes de ir para cama.

Feijão congelado
A prática já é bem conhecida, mas as dúvidas ainda existem. Pode ou não pode congelar o feijão? Ele perde os nutrientes? É melhorar temperar antes ou depois? O feijão pode ser congelado, ele dura até três meses dentro do congelador sem perder os nutrientes, mesmo quando ele é temperado antes de ir para o freezer , diz a especialista. E o feijão não perde o sabor porque foi congelado. Para deixá-lo com jeito de fresquinho, a dica é temperar na hora de esquentar.

Arroz congelado
Cozinhe e congele em pequenas porções. Ele também dura até 3 meses dentro do freezer e não perde nenhum nutriente. O arroz deve ser congelado em potes pequenos, para que não entre muito ar, o que acaba estragando o alimento. É super prático chegar em casa e ter até o arroz prontinho para a refeição , ressalta Daniela Cirulyn.

Saladas variadas
Até as saladas levam tempo para ficar prontinhas para o consumo. Mas, para elas também existem pequenas práticas que aceleram esse processo. Para agilizar o preparo das saladas, deixe as folhas já lavadas. Mas é preciso tomar alguns cuidados, como secar bem antes de devolvê-las para a geladeira. Outra dica é deixá-las nas prateleiras de baixo, que são menos geladas, diminuindo o risco de queimar as folhas , explica a nutricionista.

Massa
O preparo de massas já é bastante prático e rápido e a nutri ensina como deixá-lo ainda mais fácil. Para agilizar o preparo, basta deixar o molho congelado. Na hora do consumo é só esquentar em uma panela e adicionar pequenos temperos. Fica uma delicia, afirma.

Carnes
A carne também pode ser devidamente preparada para garantir um janta mais rápida. Temperada de um dia para o outro, ela deve ficar na parte mais alta da geladeira, que também é o local mais gelado. "O importante é reparar na textura e na cor do alimento antes do preparo", explica a nutricionista Daniela Cirulyn. "Se ela ficar escura demais ou escorrendo um líquido de aparência viscosa, é melhor descartar".

Lanche
Os lanches são uma boa pedida para os dias que a geladeira não está preparada para uma janta rápida. Só não vale abusar. Existem diversas maneiras de preparar lanchinhos saudáveis e, para os casos de emergência, eles são uma ótima opção. Atum, peito de frango, alface, tomate. São ingredientes rápidos e que podem ser feitas em pequenos minutos.

Comida pronta congelada
A comida congelada, na maioria das vezes, apresenta alto teor de gordura, calorias e sódio que prejudicam a saúde e o regime. A comida congelada deve ficar restrita a dias de emergência geral.

O problema é que elas apresentam uma quantidade muito grande de sódio, item que pode causar prejuízos para quem tem pressão alta, ou trazer esse mal para quem não tem , alerta Daniela Cirulyn. E, se por caso escolher por essa opção, verifique bem o rótulo, prestando atenção nas calorias e na gordura trans.

fonte: yahoo

Nenhum comentário:

Postar um comentário