domingo, 14 de agosto de 2011

O ginseng- existem vários tipos,confira!


O ginseng é muito conhecido pela sua capacidade em estimular o sistema imunológico e combate à fadiga e stress. No entanto, várias dezenas de estudos demonstraram que o ginseng também melhora a performance física e mental, melhora o humor, e auxilia a função metabólica. Outros estudos sugerem que o ginseng, possa ser anti-inflamatório e pode também ajudar nos seguintes casos: colesterol; reduzir a toxicidade do fígado; reduzir níveis de açúcar no sangue, melhorar os níveis de oxigénio no sangue, controle de doenças respiratórias e aumentar a resistência física.

Os 3 tipos mais conhecidos de Ginseng

Ginseng coreano (Panax ginseng)

Considerado o “rei de todas as ervas” em muitos países, encontra-se nas florestas do nordeste da China, Manchúria e da Coreia.

Na Medicina Tradicional Chinesa, o ginseng coreano é usado para tonificar o Qi, é yang e quente. Tem sido usado para: estimular o sistema imunológico, combater a fadiga, o stress, retardar o envelhecimento, melhorar os níveis de açúcar no sangue, melhorar o desempenho mental e a memória, diminuir o colesterol e fortalecer o músculo cardíaco. Pode até ter propriedades anti-tumorais.

Antes de ir a correr comprar o ginseng coreano deve estar ciente de que o seu consumo excessivo pode ter alguns efeitos secundários negativos, incluindo: irritabilidade, insónia e batimentos cardíacos acelerados.

Ginseng americano (Panax quinquefolium)

É originário das florestas do leste da Geórgia e Quebec, e era usado pelos nativos americanos.
Embora não seja tão conhecido como o ginseng coreano, o ginseng americano é usado há centenas de anos.

O ginseng americano é mais yin e de natureza mais fria do que o seu homólogo chinês. Embora ajude a aumentar o nível energético do corpo, o ginseng americano acalma o sistema nervoso central, relaxa, e reduz a pressão arterial. Além disso, devido à sua natureza mais yin, é melhor para usar numa base diária e de longo prazo do que o ginseng coreano. No entanto, se tiver uma natureza mais fria, este pode não ser o mais indicado para si.

Ginseng siberiano (Eleutherococcus senticosus)

Nativo da Sibéria, Japão, Coreia e China. Embora não seja um verdadeiro ginseng, esta variedade é mais valorizada.

Eleuthero era tradicionalmente utilizado para promover a longevidade e a saúde em geral. Muitos naturologistas preferem Eleuthero como o ginseng para ajudar com as questões da saúde das mulheres, especialmente a depressão associada a TPM e menopausa. Pesquisas efectuadas na Rússia, confirmam a capacidade desta erva para aumentar o desempenho físico e mental, estimular o sistema imunológico, aumentar a circulação dos glóbulos brancos, promover a circulação e melhorar os benefícios dos tratamentos de radioterapia ao mesmo tempo.

Uma advertência para terminar este artigo: o ginseng deve ser evitado por pacientes que estão grávidas ou pacientes que têm a pressão arterial elevada. Além disso, o ginseng pode aumentar os efeitos da cafeína ou outros estimulantes, que podem causar sudorese, insónia, ou um batimento cardíaco irregular. Não deve ser usado em conjunto com medicamentos antipsicóticos, esteróides ou hormonas.

Fonte: Naturalmente. com

Nenhum comentário:

Postar um comentário