domingo, 10 de julho de 2011

Evite a celulite, veja como!



Exercícios e alimentação adequada para exibir pernas lisas assim no verão.
Quem quiser chegar ao verão sem os tão temidos furinhos nas pernas, quadris e abdome, deve começar a combatê-los desde já.

Predisposição genética, fatores hormonais, alimentação e vida sedentária são os principais fatores que levam ao aparecimento da celulite. Como os dois primeiros são difíceis de mudar, a dica é mexer com o que pode ser alterado: apostar em um programa de exercício e em uma alimentação mais equilibrada.

"Cinco meses é tempo suficiente, até mesmo para um sedentário", afirma Anne Murakoshi, professora de educação física da academia Competition. “Nesse período dá para melhorar bem o aspecto da pele só com exercícios e dieta”, complementa a professora de educação física Regina Bento Oliveira, da academia Contours, em São Paulo. “Mas é preciso disciplina”, ressalta.

A recomendação dos especialistas para acabar com a celulite é fazer exercícios cinco vezes por semana. “Tem que ter dedicação e periodicidade”, complementa Marcus Vinicius Zimpeck, professor de educação física da academia Monday.

“Precisamos combater a gordura e a má circulação, então o ideal é misturar aeróbios e musculação e não focar em apenas um exercício”, aconselha Oliveira. Para quem não tem contra-indicações, a professora indica aulas de jump, em que os movimentos são realizados em cima de um mini trampolim. “Os movimentos estimulam a circulação sanguínea nas pernas, região que concentra os furinhos”, afirma. Murakoshi complementa: "é um dos melhores resultados". Aulas de spinning também são bem recomendadas.

A musculação deve fazer parte da rotina. “Quanto mais massa muscular, menos flacidez, menos gordura, menos celulite”, diz Zimpeck. E não há porque se concentrar apenas nos membros inferiores: os músculos, em qualquer lugar do corpo, ajudam a queimar gorduras e manter o metabolismo funcionando mesmo em repouso.

O trabalho com peso é essencial principalmente para mulheres magras, que não estão livres desse problema. Nesses casos, os vilões são a flacidez e as comidas gordurosas. “A flacidez acentua o aspecto da celulite”, afirma Oliveira.

Alimentação

Mas de nada adianta suar na esteira e jantar um hambúrguer depois. Exterminar a celulite exige regras rígidas, principalmente no que diz respeito à alimentação. Refrigerantes, bebidas alcoólicas, doces, biscoitos recheados, sorvetes, queijos amarelos, carnes gordurosas, arroz branco e pão são exemplos do que não deve ser consumido. “Não são proibidos, mas permitidos muito ocasionalmente”, afirma a nutricionista Débora Almeida, da academia Contours.

Industrializados, sal e adoçante em excesso também devem ser evitados. Esses produtos retêm líquidos e prejudicam a eliminação de toxinas. A nutricionista ressalta que é fundamental que o intestino esteja funcionando, para que as toxinas possam ser liberadas.

Aspecto casca de laranja da pele pode ser resolvido com exercícios e alimentação correta.
Mas existem alimentos que podem turbinar o treino e dar uma ajuda no extermínio da celulite. “Óleo de soja, de canola, castanhas, nozes, carnes mais magras, laranja, e outras frutas ricas em vitamina C, assim como alimentos ricos em em vitamina C, vitamina E e selênio”, indica. Peixes, que são ricos em ômega 3 e têm propriedades anti-inflamatórias, também são boas escolhas.

Fica a dica

A recomendação não é nova, mas deve ser reforçada para quem quer melhorar o aspecto da pele: tomar muita água. De acordo com os especialistas, ela ajuda na eliminação de toxinas e melhora a circulação sanguínea.


Fonte: Ig

Observação:

Outras medidas que podem ajudar é drenagem linfática, melhora a circulação sanguínea, cremes para celulite, tomar bastante líquido e evitar calças apertadas.

Patrícia Brigagão Mendes

Nenhum comentário:

Postar um comentário