sábado, 12 de fevereiro de 2011

Mais um Medicamento para Tratamento da Obesidade Rejeitado nos EUA

O Food and Drug Administration (FDA), órgão regulador de medicamentos dos Estados Unidos, anunciou, no último dia 1º de fevereiro, que não dará autorização para o medicamento Contrave, usado para combater a obesidade. Apesar da votação realizada por um comitê consultivo do órgão, em dezembro do ano passado, ter sido favorável à liberação do produto (por 13 votos a 7), o Contrave é o terceiro fármaco para perda de peso rejeitado pelas autoridades norte-americanas nos últimos meses, juntando-se ao Qnexa e ao Lorqess.

“O Contrave é uma associação do antidepressivo bupropiona e a naltrexona, usada no tratamento da toxicodependência. A naltrexona sozinha não induz a perda significativa de peso, mas em associação leva à perda de peso tanto em animais quanto em humanos”, explica a endocrinologista Maria Edna de Melo, responsável científica do site da ABESO.

Em ensaios clínicos, cerca de metade dos participantes em uso do Contrave perdeu 5% do seu peso corporal, o que ocorreu em apenas 10% daqueles em uso de placebo. Efeitos colaterais observados foram pequenos, como aumento na pressão arterial e na frequência cardíaca. O FDA concluiu que tais efeitos colaterais e o potencial uso abusivo da droga eram grandes o suficiente para superar os benefícios antiobesidade. Um estudo para verificar possíveis complicações cardiovasculares em obesos e idosos foi solicitado, mas está sendo considerado improvável que o fabricante da droga, a Orexigen, patrocine tal estudo, estimado em 200 milhões de dólares.

Fonte: Abeso

Nenhum comentário:

Postar um comentário