domingo, 28 de novembro de 2010

Salada de Peito de Peru Defumado Com Abacaxi e Uva


Salada de Peito de Peru Defumado Com Abacaxi e Uva


Ingredientes:
1 de xícara (chá) de nozes ou castanhas de caju quebradas em
pedaços
3 xícaras (chá) de Peito de Peru Defumado cortado em pedaços
pequenos
1 lata de abacaxi em calda escorrido e cortado em cubinhos
1 xícara (chá) de uvas verdes ou rosadas cortadas ao meio,
sem semente
1 xícara (chá) de maionese light
1/2 colher (chá) de casca de limão ralada
Folhas de alface

Modo de Preparo
Toste levemente as nozes ou castanhas por uns 8 minutos no forno,
mexendo sempre.

Numa saladeira misture o Peito de Peru, o abacaxi e as uvas.

Junte 1/2 xícara (chá) de nozes.

Misture a maionese com a casca de limão ralada.

Misture os ingredientes restantes e sirva com folhas de alface.

• Categoria:
Saladas • Tempo de Preparo: 40 min • Tipo de Preparo: Sem cozimento • Rendimento: 6 porções

Fonte: site da Ana Maria Braga

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Ansiedade- O que comer?

Cardápio antiansiedade

Tem: maçã, alface, maracujá, amendoim, grãos integrais, nozes, aves, peixes e frutos do mar.
Até essa malvada que ataca nove entre dez mulheres modernas pode ser combatida com os alimentos certos. Alface, de novo, pode ajudar, com seu poderoso efeito calmante. Maracujá e maçã também. Por fim, aposte na vitamina B1, que controla o humor, combate o stress e a ansiedade. Você ganha mais pique e menos tensão comendo amendoim, grãos integrais, nozes e aves. Peixes e frutos do mar também contribuem para o controle da bandida, fornecendo zinco e selênio.
Coloque estes alimentos diariamente no seu cardápio e verá como vai se sentir melhor.
Perceba qual o horário mais crítico e coma estes alimentos em pequenas porções.
Experimente!!!!

domingo, 21 de novembro de 2010

Vantagens da amamentação


. A mãe perde peso – e o bebê ganha
“A mãe que amamenta tem um gasto energético maior ao amamentar. Isso ajuda a perder o peso que ganhou na gestação”, diz Luciano Borges Santiago, presidente do Departamento Científico de Aleitamento Materno da Sociedade Brasileira de Pediatria. Segundo pesquisas, o gasto calórico vai de 200 a 500 kcal por dia. Já, para o bebê, o leite materno significa o ganho certo de peso “Com outro tipo leite corre-se o risco da criança engordar muito ou engordar pouco.A criança que mama no peito não fica desnutrida nem obesa”, afirma.

. Economia de dinheiro e recursos naturais
Pesquisas da Associação Americana de Pediatria mostram que mães que amamentam exclusivamente – ou seja, alimentam o bebê apenas com o leite materno – durante os seis primeiros meses poupam cerca de mil dólares. Nessa equação entraram apenas as quantidades de fórmulas artificiais e mamadeiras que as mães teriam que comprar. A economia seria muito maior se fosse levado em conta que crianças alimentadas com leite materno tendem a ter menos doenças – e, portanto, gastam menos com remédios e pediatra. Há ainda a questão da sustentabilidade: “o leite materno não usa latas nem mamadeiras”.

. Acalma a mãe
Dois hormônios agem durante o aleitamento: a prolactina, que induz o corpo a produzir leite, e a oxitocina, que ejeta o líquido da mama. Combinados, estes hormônios agem no organismo da mãe. Fabíola – que amamentou sua primeira filha até os dois anos e ainda amamenta o seu segundo filho, de 7 meses – diz que a oxitocina, quando liberada, dá a sensação de prazer.

. Dá sensação de saciedade para o bebê
De acordo com Luciano Santiago, a quantidade de gordura presente no leite varia durante a amamentação. “Logo perto do final da mamada, o nível de gordura do leite fica no máximo, o bebê se sente saciado e para naturalmente”, simplifica o pediatra. As mamadeiras não têm o mesmo efeito, já que seu conteúdo tem sempre a mesma quantidade de gordura. “Com a mamadeira, existe o risco do bebê não querer parar de mamar, porque não tem a sensação de saciedade”, diz ele.

. Pode servir como método contraceptivo para a mãe
Durante seis meses, se a mãe amamentar exclusivamente o bebê, é possível que ela se valha da amenorréia lactacional, um método contraceptivo natural. A sucção recorrente do bebê na mama faz com que o hipotálamo da mãe não produza o ciclo necessário à ovulação. Mas atenção: Fabíola avisa que esse método só acontece durante os seis primeiros meses, e em mulheres que estejam amamentando em livre demanda.
. Protege o bebê de alergias posteriores e infecções

Um estudo conjunto das Universidades de Harvard e Stanford, nos Estados Unidos, mostrou que o leite materno contém imuglobinas que protegem o intestino dos bebês de possíveis alergias alimentares. Luciano Santiago ressalta que os tipos de imuglobinas presentes no leite materno também ajudam a potencializar o efeito das vacinas nos bebês. Ele fala que, para a proteção contra infecções, é recomendável que se amamente (não exclusivamente) até depois de dois anos. “Até dois anos, o corpo da criança ainda não se defende sozinho das infecções”, explica.

. Cria um laço entre mãe e bebê
“A distância entre o olho da mãe e o seio é exatamente a distância que o neném enxerga. Não é a toa que o neném reconhece a mãe”, conta Fabíola. Além do olhar, o contato entre a pele da mãe e a do filho cria um tipo de laço entre os dois. Um vínculo que, segundo o pediatra Luciano Santiago, “é diferente de tudo que se possa explicar”.

. Ajuda na formação da mandíbula e da língua do bebê
Fabíola Costa diz que a amamentação é primordial para o desenvolvimento oral do bebê. “A musculatura da boca é exercitada quando ele suga o seio da mãe”, diz a fonoaudióloga. Este tipo de exercício é muito importante, no futuro, para o desenvolvimento da fala da criança. Luciano completa com outras áreas do rosto do bebê que são exercitadas com o aleitamento, como os dentes, os músculos da face, a mandíbula e o maxilar.

. A longo prazo, as crianças tendem a ficar mais inteligentes
O cérebro humano não nasce completamente formado. É durante os três primeiros anos quee a quantidade de neurônios e sinapses (conexões entre neurônios) aumenta. “O leite materno tem substâncias que favorecem esse desenvolvimento”, diz Luciano Santiago.
Segundo o pediatra, 90% das sinapses cerebrais de uma pessoa são criadas durante seus três primeiros anos de vida. “Quanto mais ligações tiver no cérebro, maior a habilidade da pessoa”, completa o pediatra. Pesquisas da Nova Zelândia e Irlanda mostram que crianças que foram amamentadas exclusivamente durante os primeiros seis meses têm maiores notas na escola e habilidades cognitivas mais refinadas.

Fonte:IG

sábado, 13 de novembro de 2010

Quinoa


É encontrado em forma de flocos, grãos e farinha, em grande parte do Brasil. Dentre os benefícios do consumo, estão a prevenção de câncer de mama, osteoporose e problemas cardíacos, além da melhora da imunidade, da aprendizagem e da memória e recuperação de tecidos, entre outros.
A quinoa pode substituir o trigo na produção de farinha, a soja na produção de óleo, o milho para biodiesel e o arroz na alimentação.
De que forma consumir?

Este maravilhoso alimento pode ser aproveitado desde as folhas, que podem ser preparadas refogadas, assim como preparamos a couve-mineira, o espinafre, etc, até os botões das flores que podem ser consumidos como brócolis. O grão, que é a forma de mais fácil aquisição, pode ser utilizado de várias maneiras: cozido e temperado como salada, cozido como arroz, utilizado no preparo de sopas, etc.

A farinha é utilizada para preparar mingaus, pães, pudins, massa para panqueca, biscoitos, enfim, basta ter criatividade e aproveitar de diversas formas este alimento.

Onde encontrar?

Você já encontra a quinoa em grãos, farinha e flocos e está disponível em lojas de produtos naturais e alguns supermercados.


Além destes nutrientes, outros também estão presentes na quinoa, como vitamina B1, B2, B3, C, E, magnésio, potássio, ferro, zinco e manganês.

Como você pode perceber é um alimento bastante nutritivo, mas assim como qualquer outro alimento é importante consumi-lo como parte de uma alimentação saudável e balanceada. Então, vale a pena experimentar.

Fonte: Cyber diet

Receitas com Amaranto e Quinoa

PÃO ENRIQUECIDO
Uma xícara de farinha de grãos de QUINOA ou AMARANTO. Três xícaras de farinha de trigo. Uma xícara de água. Uma colher e meia de sopa de açúcar. Uma colher de chá de sal. Uma colher de fermento biológico granulado (ou um tablete de 15g de fermento fresco).
Meia xícara de óleo. Amorne a água (aproximadamente 30 a 40°C). Adicione o açúcar, o sal e o fermento. Misture as farinhas e o óleo. Despeje a água com a mistura de açúcar, sal e fermento; amasse e deixe crescer até dobrar o volume. Amasse novamente, coloque em forma e deixe crescer.
Leve ao forno pré-aquecido a 180°C por cerca de 15 minutos.

SALADA
Duas xícaras de grãos de QUINOA OU AMARANTO. Duas xícaras de água. Um a dois dentes de alhos (médios). Meia cebola média. Meia xícara de cebolinha picada. Meia xícara de salsa ou coentro picado. Meia xícara de tomate picado. Meia xícara de pepino picado. Uma colher de sopa de suco de limão. Três colheres de sopa de azeite de oliva. Lave os grãos, adicione a água e coloque para cozinhar por cerca de 8 min. Desligue e espere esfriar. Adicione os temperos, o suco de limão e o azeite; adicione sal a gosto, misture bem e está pronta para servi.

BISCOITO
Uma xícara de grão de QUINOA ou AMARANTO. Uma xícara de farinha de quinoa ou amaranto. Duas xícaras de amido de milho. Três quartos de xícara de água (ou leite). Dois ovos. Meia xícara de manteiga. Meia xícara açúcar. Uma colher de sobremesa de fermento químico. Uma colher de sobremesa de sal. Deixe os grãos de molho por uma noite. Moa no liquidificador, com água e adicione os ovos, o sal e o açúcar. Despeje em uma tigela, bata com a manteiga, o amido e a farinha; adicione o fermento por último. Unte bandejas e despeje em pequenas quantidades. Leve ao forno pré-aquecido a 180°C. Retire quando começar a dourar (20-30 min).

PANQUECA
Duas xícaras de grãos de QUINUA ou AMARANTO. Uma xícara de farinha de trigo ou amido de milho. Uma colher de manteiga. Um ovo. Duas xícaras de água ou leite. Uma pitada de sal. Deixe os grãos de molho por uma noite. Bata no liquidificador com pouca água no inicio, e após a adição de todos os ingredientes, adicione o restante da água. Aqueça uma frigideira e adicione um fio de óleo. Coloque quantidade suficiente para cobrir o fundo da frigideira, vire após um minuto. Acompanha mel e/ou manteiga. Pode ser usada como panqueca salgada.

TORTA DE AMARANTO
Ingredientes: 3 ovos caipiras 400g de queijo ralado grosso (tipo minas, meia cura) – 1 cebola refogada-150 g de AMARANTO cozido – 3 colheres de sopa de azeite de oliva – sal a gosto.
Modo de Preparo: Misturar a cebola refogada, o amaranto cozido, dois ovos e 300 g de queijo. Colocar em uma forma untada. À parte bata um ovo com o restante do queijo e o azeite. Espalhe em cima da massa e leve ao forno até corar.
SALADA DE OUTONO
2 xícaras de AMARANTO cozido – 1 maço de cheiro verde misto – 2 maçãs – 2 colheres de sopa de azeite de oliva – ½ limão – sal ou molho de soja (shoyu) à gosto. Cortar as maçãs em cubinhos e o cheiro verde bem miúdo. Tempere com o azeite, o limão e o sal. Acrescente o amaranto e sal, se for necessário.
Decore com agrião e rabanete.


Fonte; Empório do Arroz

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Saiba tudo sobre Amaranto


Amaranto: Benefícios para a saúde e para a boa-forma

Um vegetal chamado Amaranto, muito conhecido em países como Colômbia e Equador, é considerado hoje, um dos alimentos com melhor valor nutricional.

Além dos índios dessas regiões, astronautas da N.A.S.A. consomem esse alimento devido sua excelente qualidade.

No Brasil, estudos sobre as propriedades funcionais desse vegetal tiveram início em 1996, e comprovaram que o Amaranto é capaz de reduzir níveis de colesterol total e LDL colesterol (mau colesterol) devido sua porção protéica.

Essa proteína, quando metabolizada, libera cadeias de aminoácidos que por sua vez, inibem a enzima responsável pelo aumento indesejável de colesterol plasmático.

Ainda com relação à composição protéica, sabe-se que cerca de 16% desse alimento é composto por proteínas de alto valor biológico, ou seja, altamente aproveitadas pelo nosso organismo, podendo chegar a uma absorção de 70% a 100% do valor total protéico.

Para se ter uma maior noção do que isso significa, as proteínas encontradas em outros vegetais não possuem alto valor biológico e sua absorção é de, no máximo, 60% do valor protéico total, o que demonstra o fato de muitos considerarem a proteína desse vegetal superior a do feijão e soja.

Além disso, a porção protéica desse vegetal conta com a presença de inúmeros aminoácidos essenciais, propriedade que também é difícil de encontrar em outros vegetais.
Dentre os aminoácidos encontrados no Amaranto, destacam-se a Lisina, cujas funções vão desde o auxílio no crescimento e desenvolvimento ósseo e muscular, até a atuação na produção de hormônios e reparação de tecido; e a Metionina, que por sua vez pode ser considerado um potente protetor hepático.

Outros nutrientes facilmente encontrados no Amaranto são:
Fibras: Além de ajudar no funcionamento do intestino, tem relação direta com melhora da glicemia, colesterol e triglicérides, além de prevenção de câncer do Trato Digestório.
Zinco: Esse mineral é essencial para melhorar o sistema imunológico; atua diretamente no crescimento celular; estimula a produção dos hormônios sexuais masculinos como por exemplo, a testosterona; atua na formação de colágeno, melhorando assim a qualidade da pele; ajuda no controle glicêmico e ainda atua como fator preventivo contra o câncer.
Fósforo: Atua na formação dos ossos e dentes e é imprescindível na conversão de carboidratos, proteínas e lipídios em energia (adenosina trifosfato – ATP). Estimula a contração muscular; melhora o desempenho físico e combate a fadiga.

Cálcio: É o mineral mais abundante no corpo e é importante na formação de ossos e dentes. Atua na produção de hormônios e contração muscular.

Magnésio: Mineral que auxilia na ativação de enzimas; elimina ácido úrico; controla colesterol e triglicérides; melhora quadros de tensão pré-menstrual (TPM) e ainda atua diretamente na prevenção de câimbras e fadiga.

Vitamina A: Atua no crescimento e desenvolvimento celular; melhora o sistema imunológico e, por ser um antioxidante, previne o envelhecimento precoce.

Vitamina C: Favorece o sistema imunológico e é poderosa no combate aos radicais livres.
Ácido Graxo Insaturado: Gordura presente no interior das sementes que ajuda no controle do colesterol e prevenção de doenças cardiovasculares, além de ser uma boa fonte energética.

Além dos benefícios já citados, esse alimento atua na perda de gordura corporal.
Acredita-se que o consumo freqüente do Amaranto promove a perda de peso gradativa, sem alterar a massa muscular.

Ainda em relação a massa muscular, esse vegetal é ótimo para quem busca hipertrofia e melhora na qualidade músculo-esquelética. Esse fato se dá principalmente devido sua qualidade protéica e baixo teor de gordura. O ideal é que seu consumo seja feito de 20 a 60 minutos após o exercício anaeróbico.

No caso daqueles que buscam melhora física, o consumo do Amaranto é indicado pelo menos 3 vezes na quantidade de 100mg por vez.
O valor nutricional do Amaranto pode ser comparado ao do leite, mas claro, isento de lactose. Outra característica a favor desse vegetal é que é um alimento isento de glúten e de outras substâncias alergênicas, favorecendo mais ainda seu consumo.

Com relação as formas de ingestão, estudos mostram que a planta pode ser cozida como a couve, por exemplo, ou ainda podem ser feitos sucos com a folha.

Outra parte comestível desse vegetal é a semente, que pode ser triturada e consumida como farinha, pode ser adicionada nas barras de cereais, pães e biscoitos sob a forma de flocos, ou ainda aquecida e estourada como se fosse uma pipoca.

Para a infelicidade do brasileiros, a produção do Amaranto no Brasil ainda é ínfima, mas já pode ser encontrado em algumas lojas de produtos naturais.

Observação: Para que a absorção dos nutrientes seja adequada, deve-se sempre cozinhar o grão para eliminar os fatores anti-nutricionais.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

HIPERTENSÃO


Veja abaixo quais os alimentos que devem ser evitados no dia a dia e o que é mais indicado para o consumo diário.

ALIMENTOS PROIBIDOS:

COCA COLA NORMAL , DIET ,LIGHT, EMBUTIDOS, ENLATADOS, SOPAS PRONTAS, TEMPEROS KNORR OU MAGGI, TEMPEROS PRÉ-PREPARADOS, SHOYU,CARNE SECA,TEMPERO DE MIOJO,ADOÇANTE COM CICLAMATO DE SÓDIO,ÁLCOOL, CAFÉ,QUEIJOS AMARELOS,MARGARINA E MANTEIGA COM SAL, BISCOITOS SALGADOS, PASTELARIAS, SALGADINHOS, MOLHOS PRONTOS PARA SALADAS, MAIONESE,AZEITONA,HAMBURGER,SALSICHA, CONGELADOS, PÃO FRANCÊS,FAST FOOD,PIZZA, CATCHUP E MOSTARDA.

O sal deve ser diminuído. Use 1 colher de café rasa sobre a comida do almoço e uma sobre a do jantar.

ALIMENTOS QUE PODEM DIMINUIR A PRESSÃO ARTERIAL:

Alho, damasco, banana, aipo, vegetais verdes, salsinha, alcachofra,atum fresco, salmão, cavala, arenque, azeite de oliva, alimentos ricos em fibras e vit.C e alimentos ricos em cálcio (ex: leite desnatado, queijos brancos sem sal e margarinas sem sal).

DICAS:

Ø Inclua , no mínimo, 1 colher de sopa de azeite na salada.
Ø Cozinhe sem adicionar sal, coloque outros temperos para melhorar paladar,como:limão,açafrão,gengibre,alecrim,curry,estragão,man-jericão,hortelã,alho,cebola,cheiro verde,coentro,orégano, pimenta, cravo e canela.
Ø Coma peixe três vezes por semana.
Ø Limite o uso do álcool em uma a duas doses por semana.
Ø Perca 5% de seu peso, isto vai ajudar a melhorar sua pressão.
Ø Faça exercícios regularmente.
Ø Se você é fumante, faça um tratamento para parar de fumar. A nicotina aumenta a pressão arterial e favorece o acúmulo de gordura nas artérias.
Ø Aprenda a relaxar, o estado emocional influencia muito na pressão.
Ø Não coloque saleiro na mesa.
Ø Use limão e vinagre para temperar sua salada.

Patrícia Brigagão Mendes
Nutricionista

sábado, 6 de novembro de 2010

Emagreça rapidamente, veja algumas dicas.

Tome muita água. Muita mesmo. A água, além de hidratar, dá uma sensação de saciedade incrível.
Se der vontade de comer doces, coma uma fruta doce. Evite manga, abacate e uva, pois são muito calóricas.
Coma muita melancia. Ela tem muito líquido, sacia a fome, e hidrata o corpo.
Deixe de comer, ou diminua bastante, o consumo de arroz e pão branco. Se for comer feijão, misture com alguma salada, e deixe o arroz de lado por um tempo.
O café da manhã deve ser a sua principal refeição. Coma mamão, pão integral, leite e iogurte desnatado.
No almoço, faça um prato de salada bem colorido. Misture alface, cenoura, chuchu cozido, rúcula, repolho, tomate, e jogue por cima fibra de trigo ou linhaça. Não use temperos calóricos. No máximo, uma colher de mostarda amarela.
Na janta, coma uma sopa leve. Se não quiser ir para a cozinha, sugiro tomar uma daquelas sopas de pacote, em porção individual, e com menos de 110 calorias. É só colocar numa xícara, misturar água, e colocar no microondas. A marca Vono é ótima!
Evite o consumo de carboidratos, e coma muita verdura e legumes.
Coma carnes, somente 3 vezes por semana, junto com a salada do almoço.
Entre as refeições, coma sempre uma fruta, ou uma barrinha de cereal.
Sem exercício físico, é difícil emagrecer. Se ir para a academia é difícil, tente trocar sempre a escada pelo elevador e caminhe diariamente.

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Dieta para Quimioterapia


As drogas quimioterápicas poderão provocar efeitos colaterais que muitas vezes influenciam diretamente na sua ingestão alimentar.

Se você não estiver apresentando nenhum efeito colateral (diarréia, constipação intestinal, náuseas e vômitos, perda de apetite, alteração de paladar, mucosite, leucopenia, plaquetopenia), a sua alimentação deve ser de consistência normal ou de acordo com sua aceitação, fracionada (cinco a seis refeições/dia), variando ao máximo os componentes do cardápio, para evitar monotonia alimentar.

A ingestão de líquidos (água, sucos, água de coco, sopas etc.) deverá ser de no mínimo 1,5 a 3 litros por dia, para que haja eliminação da parte tóxica do medicamento. Durante o tratamento a ingestão de bebidas alcoólicas não é aconselhada.
Exemplo de cardápio nutritivo

Para atender a todas as recomendações nutricionais deve-se variar os alimentos diariamente. A quantidade do alimento a ser ingerido varia de indivíduo para indivíduo, pois cada um tem a sua própria necessidade para tanto. Consulte um nutricionista que ele saberá como melhor adaptar a sua dieta com suas necessidades.
Refeições Alimentos Substituições
Café da manhã Leite com alto teor de ferroCafé Pão integralGeléia de frutas Mamão Queijo, coalhadaChá ou achcolatadoPão francês, torrada, bolachaMargarinaFrutas da época
Lanche da manhã Pêra Frutas da época
Almoço Arroz Feijão Peixe cozido Vagem cozida Agrião em salada Azeite de oliva e sal em pouca quantidadeLaranja Massa, batata, polentaLentilha, ervilha, grão de bicoFrango sem pele, ovo ou carne magraChuchu, abobrinha, cenouraAlface, rúcula, catalonia, acelgaErvas aromáticas Frutas da época
Lanche da tarde Mingau de aveia Leite ou iogurte com cereal
Jantar Massa ao sugoFrango assadoEscarola refogadaBeterraba em saladaAzeite de oliva e sal em pouca quantidadeMelão Arroz integral, batata,mandiocaCarne magra, peixe, ovoAcelga, almeirão, agriãoBerinjela, quiabo, tomateErvas aromáticas Frutas da época
Lanche da noite Leite Bolacha cream crackerMargarina Iogurte, queijo Torrada, bolo, pãoGeléia de frutas

Caso apresente algum efeito colateral, algumas mudanças nos hábitos diários e na alimentação também auxiliam o paciente no combate desses sintomas, tais como:

• Prefira alimentos de fácil digestão.
• Procure fazer pequenas refeições várias vezes ao dia.
• Respeite seus gostos e preferências.
• Evite alimentos gordurosos e frituras em geral.
• Coma devagar, mastigue bem os alimentos.
• Prefira alimentos frios, gelados, ou em temperatura ambiente.
• Evite deitar-se logo após as refeições.
• Evite odores fortes.
• Procure ficar afastado da cozinha durante o preparo das refeições.
• Se necessário, adicione um suplemento nutricional para melhorar a ingestão de nutrientes (converse com o nutricionista para saber qual o suplemento indicado para você).
• Procure não exercer atividades que exijam esforço físico.
• Procure vestir roupas leves.
• Converse com seu médico para ajustar a medicação para melhorar os efeitos colaterais.

Petiscos de pão

Bruschetta de escarola e aliche

Ingredientes:
2 fatias de pão italiano
120g de mussarela especial fatiada
30g de aliche
240g de escarola crua
4 dentes de alho
4 colheres (sopa) de azeite

Modo de Preparo:
Doure o alho em uma frigideira. Em seguida, coloque a escarola e deixe até murchar. Reserve. Doure o pão em uma frigideira, coloque a mussarela por cima e leve ao forno até derreter. Retire, coloque a escarola e o aliche por cima e sirva ainda quente.

Crostini de queijo brie com tomate, balsâmico e mel

Ingredientes:
1 baguete média (cortada em 8 fatias de 1 centímetro)
Sal e pimenta do reino moída na hora
8 lâminas de queijo brie
8 tomates cerejas cortados ao meio
2 colheres (sopa) de aceto balsâmico
1 colher (sopa) de mel
Um fio de azeite
Flor de sal e pimenta do reino ralada na hora para finalizar

Modo de Preparo:
Leve as fatias de pão ao forno quente para dourar ou até ficaram firmes. Em uma frigideira, ferva o aceto balsâmico com o mel, deixe reduzir levemente, adicione os tomatinhos e salteie por 1 minuto até estarem completamente envolvidos com o caramelo. Retire do fogo e reserve.
Monte os crostinis usando as fatias de pão como base. Sobre elas, coloque a fatia de brie e depois os tomatinhos. Regue com azeite salpique sal e pimenta do reino. Decore com uma erva fresca de sua preferência.

Tostada de presunto serrano e figo assado

Ingredientes:
2 fatias de pão português
1 tomate maduro
10 colheres (sopa) de azeite virgem
40g de presunto serrano fatiado
2 figos frescos
Pimenta do reino a gosto
1 colher (sopa) de caramelo de balsâmico*

Modo de Preparo:
Corte os figos em quatro partes e coloque-os em uma assadeira. Regue com azeite e salpique pimenta do reino. Asse os figos rapidamente. Em seguida, toste o pão. Esfregue levemente o alho e depois o tomate cortado ao meio. Distribua o presunto serrano, coloque um pedaço de figo em cada quadrante e regue com o caramelo de balsâmico. Corte em quatro partes e sirva.

*Caramelo de balsâmico
Ingredientes
3 quilos de açúcar
350ml de água
3 laranjas (retirar as cascas)
150ml de vinho do Porto
50ml de aceto balsâmico

Modo de preparo
Na panela, derreta o açúcar e coloque o vinho do Porto. Espere o álcool evaporar, adicione a água e as cascas de laranja. Deixe ferver até adquirir ponto de fio bem fino. Misture o caramelo ao aceto balsâmico. Reserve fora da geladeira.

Fonte: IG